O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), deputado Márcio Miranda, recebeu nesta quarta – feira (19/04), o  embaixador da Alemanha no Brasil, Dr. Georg Witschel, que esteve acompanhado do Cônsul Honorário da Alemanha em Belém, Paul  Steffen, do assessor econômico Lucas de Freitas e representante da German Trade, Edwin Schuh.

A comitiva teve por objetivo, estreitar os laços institucionais e conhecer um pouco mais sobre as atividades do Legislativo Paraense e as principais pautas em discussão. Além disso, obter maiores conhecimentos sobre a política, economia e mercados potenciais para possíveis investimentos no futuro.

No encontro, o chefe do Parlamento Estadual, informou  à comitiva as principais pautas em discussão na Casa de Leis e as políticas públicas aprovadas pelos parlamentares que garantem equilíbrio nas contas do Estado e aprovação de projetos que asseguram crescimento econômico e proteção ao patrimônio dos recursos naturais do Pará.

“Fomos pioneiro na criação da Lei da Taxa Hídrica que visa assegurar o uso sustentável dos nossos recursos naturais hídricos, gerando cerca de R$ 500 milhões ao ano aos cofres do governo estadual. Criamos em 2016 um fundo previdenciário para garantir mecanismos de aposentaria mais justa aos servidores no futuro e estamos acompanhando as discussões da Lei Kandir no Congresso Nacional. Queremos que o Estado seja ressarcido pelas perdas tributárias impostas pela Lei. Trabalhamos para garantir o desenvolvimento socioeconômico e sustentável do Estado do Pará”, enfatizou Márcio Miranda.

O embaixador da Alemanha no Brasil, Dr. Georg Witschel, agradeceu a recepção e destacou a atuação do Poder Legislativo para as políticas do Estado.

“ É importante conhecer a grandiosidade do Estado. Mas o que mais me impressiona é perceber que os parlamentares estão conscientes da sua responsabilidade na questão da proteção dos recursos naturais minerais e hidroelétricos. Portanto, o Legislativo tem feito a sua parte em discutir e cobrar o ressarcimento das perdas causadas pela Lei.  A Lei da taxa hídrica também é uma iniciativa justa que defende o uso dos recursos naturais hídricos do Pará. Estar aqui, representa novos conhecimentos”, disse.

“ Temos projetos importantes que interessam ao Pará como a luta contra o desmatamento. Continuaremos ajudando por meio do Banco de Desenvolvimento Alemão (KFW), para juntos trabalharmos o monitoramento ambiental. A Alemanha tem uma relação com o setor de mineração paraense e buscar ampliar investimentos na área de cosméticos”, concluiu, o embaixador

 

Parceria

A Alemanha é parceira do programa Fundo Amazônia, que tem por objetivo buscar a captação de recursos financeiros para aplicação em projetos e ações de fiscalização e controle das florestas.

 

FOTOS: PC CARVALHO